Intercâmbio Nova Zelândia – Regras e Documentação

Fevereiro 27, 2009
Intercâmbios

Intercâmbios

Informações importantes sobre vistos para a Nova Zelândia:

1) Taxa para Vistos

Taxas para emissão de visto para a Nova Zelândia:

  • Estudo: R$ 320,00
  • Trabalho: R$ 320,00
  • Turista: R$ 200,00 (Quem possui passaporte brasileiro não precisa de visto para entrar na Nova Zelândia)

2) Exames Médicos

– Quem for permanecer na Nova Zelândia por um período entre 6 meses e 1 ano: preencher Formulário “Temporary entry X-Ray Certificate”
– Quem for permanecer na Nova Zelândia por mais de 1 ano: preencher Formulário “Medical and X-Ray Certificate”

Os formulários acima devem ser preenchidos pelo médico (obrigatório a assinatura e carimbo do CRM do médico), foto do passageiro colada ao formulário e assinada pelo médico, juntamente com laudo médico, emitido junto com a radiografia.

OBS: Esse formulário deve necessariamente ser preenchido por um médico credenciado pela Imigração da Nova Zelândia **(relação de médicos é fornecida pelo consulado neo-zelandês)

** Todos os formulários podem ser obtidos no site:
http://www.immigration.govt.nz/forms

3) Preenchimento dos formulários

A partir do dia 01 jan de 2006 o Consulado da Nova Zelândia apenas aceitará:
– Formulários atualizados
– Formulários com todos os campos relevantes preenchidos, assinado e datado pelo passageiro (se houver dúvidas no preenchimento favor consultar o consulado).

O Consulado da Nova Zelândia não dará entrada a processos com formulários desatualizados ou incompletos.

Todos os formulários podem ser obtidos no site: http://www.immigration.govt.nz/forms

4) Escolas credenciadas pelo Ministério da Educação da Nova Zelândia (Code of Practice)

O Ministério da Educação da NZ criou um “Code of Practice” para estabelecer os padrões mínimos necessários que as instituições de ensino devem seguir para poder receber alunos estrangeiros.

O serviço de imigração da NZ só pode emitir vistos de estudo para alunos matriculados em instituições que seguem o “Code of Practice”.

Para consultar a lista de instituições credenciadas visite o site http://www.newzealandeducated.com/us/en/institutions_courses

Faça um Ótimo Intercâmbio a Nova Zelândia!

 

.

Anúncios

Imigração Americana tem Novos Procedimentos

Fevereiro 24, 2009
Intercâmbio Estados Unidos

Intercâmbio Estados Unidos

Novidades na imigração americana. Novos procedimentos com análise biométrica para entrar nos EUA.

O Departamento de Segurança Interna dos EUA (U.S. Department of Homeland Security – DHS) anunciou que uma tecnologia biométrica moderna está em uso em importantes pontos de entrada dos EUA e que os viajantes estrangeiros, em sua maioria, podem esperar usar a nova tecnologia quando entrarem no país.

Conheça mais sobre Estudos no Exterior:
Intercâmbio no Exterior
Cursos de Inglês em Nova York, Boston
Intercâmbios e Cursos no Estrangeiro

O programa US-VISIT do DHS foi iniciado em 2007 para modernizar o padrão da sua tecnologia biométrica de duas para dez impressões digitais, a fim de tornar o processo de entrada mais rápido e mais preciso, permitindo que os funcionários do DHS concentrem a sua atenção em pessoas que possam apresentar um risco aos Estados Unidos.

O recolhimento de dez impressões digitais aumenta a precisão da comparação das impressões e reduz a possibilidade de o sistema identificar incorretamente um visitante estrangeiro. Com ele o DHS também tem maior capacidade de comparar as impressões digitais dos visitantes aos dados criminais do Escritório Federal de Investigação (Federal Bureau of Investigation – FBI) e pode comparar estas impressões às impressões sigilosas recolhidas pelo Departamento de Defesa (Department of Defense – DOD) e pelo FBI de terroristas conhecidos e desconhecidos em todo o mundo.

O programa US-VISIT do DHS, em cooperação com a CBP, está liderando a modernização do departamento para o recolhimento de dez impressões digitais.

Esta modernização é o resultado de uma parceria interdepartamental entre o DHS, FBI, DOD e Departamento de Estado.

O US-VISIT presta serviços de identificação biométrica a órgãos do governo federal, estadual e local. O serviço mais visível do programa é o recolhimento de informações biométricas de visitantes estrangeiros quando eles se candidatam a vistos e entram nos Estados Unidos.

Desde a implantação do US-VISIT em 2004, o uso da biometria pelo DHS vem ajudando a evitar o uso de documentos fraudulentos, proteger visitantes de roubo de identidade e impedir milhares de criminosos e as pessoas que violam a lei de imigração de entrarem nos Estados Unidos.

Fonte: http://www.dhs.gov/xtrvlsec/programs/content_multi_image_0006.shtm
15/01/2009; PR Newswire Brasil

Conheça tudo de Cursos de Inglês e Intercâmbio nos EUA

Assuntos relacionados a Segurança no Intercâmbio:
Brasileiros Acusados de Falsificação Presos na Espanha
Intercâmbio Nova Zelândia – Poste Nocauteia Criminosos
Intercâmbio USA – Táxi Pago com iPod em Nova York
Intercâmbio Inglaterra – Caixa Fornece Dinheiro em Dobro
Segurança no Intercâmbio – Agressão em Aeroporto no Exterior

 

.


Intercâmbio UK – Visto de Estudante tem Novo Processo de Solicitação

Fevereiro 13, 2009

Mudança no Processo de Solicitação de Visto de Estudante para Estudar no Reino Unido entrará em vigor.

Intercâmbio - Reino Unido

Intercâmbio - Reino Unido

Em Março de 2009 , algumas mudanças importantes no processo de solicitação de visto de estudante para o Reino Unido estarão entrando em vigor.

Pelo novo sistema, todos os estudantes internacionais desejando estudar na Inglaterra serão avaliados através de um sistema de pontuação, similar ao atual sistema utilizado para estudar na Austrália.

Conheça tudo sobre Intercâmbio no Exterior:
Intercâmbio – Estudar no Exterior
Cursos de Inglês em Londres, UK
Intercâmbio de Trabalho no Reino Unido, UK

Blog de Intercâmbios no Exterior

O futuro intercambista deverá atingir o mínimo de 40 pontos pelo sistema à ser implantado. Os primeiros 30 pontos são concedidos mediante à apresentação da carta de aceitação da instituição em que deseja ingressar. Os últimos 10 pontos são fornecidos através da comprovação de que o estudante possui condições financeiras adequadas para se manter no Reino Unido durante seus estudos, sem ajuda do governo.

Novas Mudanças para Estudar no Reino Unido

Também continuará sendo necessário que o estudante internacional demonstre que possui um histórico acadêmico e ou profissional que justifique suas razões para realizar o curso em questão. Ou seja, deve estar com seus estudos e/ou carreira profissional em dia, e possuir documentação para comprovar.

As mudanças afetarão principalmente as instituições de ensino no país, as quais deverão obter uma licença específica junto à ‘UK Border Agency’, o órgão do governo responsável por assuntos de imigração no Reino Unido. Somente as escolas e universidades registradas poderão receber estudantes provenientes de países de fora da União Européia.

Os gastos com estudos na Grã-Bretanha por estudantes internacionais contribuem com cerca de £2.5 bilhões na economia do país, segundo Phil Woolas, ministro do Departamento de Imigração do Reino Unido.

Cerca de 300 escolas foram fechadas. Mais segurança.

As mudanças no sistema de obtenção de visto foram estabelecidas para evitar que escolas e cursos fictícios se proliferem pelo país. Desde que o governo Britânico começou a implantar um controle maior sobre as instituições de ensino, cerca de 300 escolas já foram fechadas.

Quanto dinheiro o Estudante deve ter para conseguir o Visto?

Segundo o novo sistema, os valores que o estudante (ou o responsável por sua viagem) tem de ter disponível em seu saldo bancário é:

Duração do Curso Cidade Quantia

Duração do Curso Cidade Quantia
12 meses ou menos Londres Custo do Curso + £800 Libras para cada mês de estada
12 meses ou menos Outras cidades da Inglaterra Custo do Curso + £600 Libras para cada mês de estada
Mais de 12 meses Londres Custo do Curso + £9600 Libras para cobrir as despesas do primeiro ano
Mais de 12 meses Outras cidades da Inglaterra Custo do Curso + £7200 Libras para cobrir as despesas do primeiro ano
Dependentes Londres Para cada dependente, adicionar o valor de £533 Libras por mês de estada
Dependentes Outras cidades da Inglaterra Para cada dependente adicionar o valor de £400 Libras por mês de estada

O Estudante pode levar dependentes consigo?

Esposo/a e filhos/as são considerados como dependentes diretos do estudante internacional mas apenas poderão acompanhá-lo durante sua viagem ao Reino Unido se:
– O Estudante estiver matriculado em curso que tenha pelo menos um ano de duração;
– O Estudante possuir condições financeira para manter a si próprio e a seus dependentes sem necessitar recorrer a recursos públicos.

É permitido trabalhar Com o visto de estudante?

Sim, o estudante internacional pode trabalhar por vinte horas semanais durante o ano letivo e período integral durante suas férias, mesmo se estiver matriculado em cursos básicos, como curso de Inglês ESL.

Alguns cursos profissionalizantes habilitam o estudante a trabalhar como parte do curso, mas este caso não é aplicável a cursos básicos como inglês por exemplo. 

Os dependentes do Intercambista também poderão trabalhar por período integral, durante toda a duração do visto.

O Estudante pode extender o curso na Inglaterra?

Sim, perfeitamente, e os critérios são bem parecidos com o processo no Brasil.

Venha fazer Intercâmbio no Reino Unido, UK

 

.


Intercâmbio Londres – International Graduate Scheme IGS

Fevereiro 12, 2009

Estudar e Trabalhar legalmente no Reino Unido é possível. Fazer uma graduação no Reino Unido pode representar o começo promissor de uma mudança na sua carreira profissional.

Intercâmbio - Reino Unido

Intercâmbio - Reino Unido

O Intercambista Brasileiro que viajar ao Reino Unido para um curso de graduação, pós-graduação, Master, PhD ou qualquer outro diploma de nível superior não precisa deixar o país tão logo terminem as aulas.

O governo Britânico proporciona um tipo específico de visto conhecido como International Graduates Scheme (IGT). Com isso, muitos estudantes internacionais estão tomando proveito disso, conseguindo empregos — e salários — de nível bem mais elevado, especialmente com relação aos intercambistas que fazem apenas cursos de Inglês, por exemplo.

Aprenda mais sobre Cursos no Exterior:
Intercâmbio – Estudos no Exterior
Cursos de Inglês em Londres
Intercâmbio de Trabalho no Reino Unido

Blog de Intercâmbios e Cursos no Exterior

Até maio de 2007, esse tipo de permissão apenas era concedida para os estudantes que se especializassem em cursos ligados a Ciências e Engenharia, mas após essa data o governo resolveu ampliar o benefício. O objetivo é manter no país profissionais especializados, dando oportunidade para que as empresas britânicas absorvam essa mão de obra especializada e ao mesmo tempo encorajar estes alunos a estabelecer uma carreira na Grã Bretanha, para benefício mútuo.

Requisitos para Estudar e Trabalhar no Reino Unido

As regras para se enquadrar no IGS são:

1 – Ter completado um curso numa das instituições reconhecidas pelo “Departament for Education and Skills” como “Higher” ou “Further Education”, tais como (Bachelor’s degree; Master’s ou PhD; diploma ou certificado de Postgraduate);
2 – Ter completado o curso em, no máximo, 12 meses antes da aplicação para o IGS;
3 – Intenção confirmada de trabalhar durante o período concedido no novo visto;
4 – Ter condição de se manter durante esse período sem precisar de ajuda do governo;
5 – Intenção de deixar o país ao final do período (exceção para quem conseguir visto de trabalho ou qualquer outro tipo de visto que lhe garanta permanência mais prolongada);

Apos esse período, se desejar, o Intercambista Brasileiro pode solicitar outros vistos, como visto de trabalho ou de permanência.

Como Solicitar o IGS

O Intercambista Brasileiro que desejar aplicar para o IGS precisa:
– Ainda estar residindo no Reino Unido;
– Preencher o formulário específico disponível no site do Home Office em http://www.workingintheuk.gov.uk ;
– Pagar uma taxa que varia entre 395 libras (se a aplicação for enviada pelo correio) ou 595 libras (se o estudante for pessoalmente ao Home Office).

A análise do processo pode levar até três meses, mesmo prazo para outros vistos de estudante. Normalmente, o processo é mais rápido quando feito pessoalmente no Home Office. Além do estudante, esposos e dependentes também podem ser incluídos neste benefício.

Venha fazer Intercâmbio no Reino Unido

 

.


Intercâmbio USA – Táxi Pago com iPod em Nova York

Janeiro 29, 2009

 
Americana de 20 anos foi obrigada a pagar a corrida de táxi com seu iPod, ao chegar no Aeroporto John Kennedy, em Nova York, nos EUA, após seu cartão de crédito ter sido recusado.

Intercâmbio Estados Unidos

Intercâmbio Estados Unidos

Dois policiais obrigaram a jovem Natalie Lenhart, de 20 anos, a pagar a corrida de táxi com seu iPod, ao chegar no Aeroporto John Kennedy “JFK”, em Nova York, nos EUA, após seu cartão de crédito ter sido recusado.

Conheça mais de Intercâmbio nos Estados Unidos EUA

Veja mais sobre estudar nos EUA:
Intercâmbio no Exterior – Dicas de Segurança
– Tipos de Intercâmbios
Cursos de  Inglês no Canadá
High School Colegial nos EUA

Corrida de Táxi de $49 paga com iPod de $140 nos EUA

O taxista Mohammed Islam tentou várias vezes passar o cartão de crédito nao terminal eletrônico onlne, mas sem sucesso. Os policiais disseram à jovem Natalie que ela poderia ser presa se não entregasse “alguma coisa de valor” como pagamento da corrida de US$ 49.

Como a única opção da jovem era entregar o seu iPod de US$ 140, então com ele ela pagou a corrida do táxi.

Natalie Lenhart afirmou que pretende enviar o valor da tarifa para a empresa de táxi e espera que seu iPod seja devolvido.

Segurança – Possuir Dinheiro em várias formas recomendável

Esta é uma das importâncias de se ter múltiplas formas de se pagar por algo quando se está longe de casa e longe dos amigos, como quando fazendo seu intercâmbio no exterior.

Imprevistos acontecem quando menos se espera e ter dinheiro em uma combinação deles como dinheiro em espécie, cartão de crédito (preferencialmente mais de um e internaconal) e cheques viagem é sempre extremamente recomendável.

Taxas Adicionais nos Aeroportos Internacionais

Lembre que as companhias aérea atualmente — especialmente nos Estados Unidos — estão cobrando uma série de taxas adicionais que devem ser pagas no aeroporto mesmo, algumas vezes somente em dinheiro espécie, outras vezes somente com cartão de crédito, como por exemplo excesso de peso de bagagem (que você nem esperava), bagagem adicional, taxa de combustível, renovação do aeroporto, entre várias outras, e você nunca sabe realmente se vai ter como pagar do modo como eles exigem, se não se preparar.

Mas é só se preparar e então viajar tranquilo!

Conheça mais de Intercâmbio nos EUA em 
Estados Unidos EUA – Intercâmbio

 

.


Novo Procedimento para Viagem de Turismo aos EUA

Janeiro 19, 2009

ESTA – Novos documentos e procedimento de viagem aos Estados Unidos para beneficiados de isenção de vistos. Brasileiros estão dispensados.

Intercâmbio Estados Unidos

Intercâmbio Estados Unidos

À partir de 12 de Janeiro de 2009, os viajantes que atualmente contam com isenção de visto somente podem embarcar para os Estados Unidos com o número do Sistema Eletrônico para Autorização de Viagem (ESTA), fornecido pelo Departamento de Segurança Interna dos EUA.

O Brasil Não faz parte do ESTA e todos os viajantes portadores de passaporte Brasileiro continuam necessitando de Visto Americano para entrar nos Estados Unidos, como de costume.

Veja tudo sobre estudar no  exterior:
Intercâmbio O Quê É?
Intercânbio no Exterior
Estudar nos Estados Unidos
High School nos Estados Unidos EUA

O mesmo procedimento será exigido para embarcar tanto em avião ou navio de cruzeiro com destino aos EUA.

Para obter o ESTA, é necessário que o viajante turista preencha o formulário de solicitação ESTA on-line, antes da viagem.

Esta exigência é determinada pelo congresso norte-americano com o intuito de ajudar a reforçar a segurança e proteção tanto aos cidadãos americanos quanto aos visitantes dos EUA.

Países afetados pelo ESTA

Esta nova exigência aplica-se somente aos cidadãos de paí­ses participantes do Programa de Isenção de Vistos, que viajam aos EUA pelo programa, sendo: Alemanha, Andorra, Austrália, Áustria, Bélgica, Brunei, Cingapura, Dinamarca, Eslovênia, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido, San Marino, Suécia e Suíssa.

Brasileiros que possuem dupla cidadania e passaporte estrangeiro de algum destes paí­ses também necessitam de ESTA caso estejam utilizando unicamente o passaporte estrangeiro.

Maiores informações sobre o Programa de Isenção de Vistos podem ser encontradas no site http://travel.state.gov/visa/temp/without/without_1990.html.

Conheça tudo sobre Intercâmbio nos USA:
Intercâmbio nos Estados Unidos USA

.