Intercâmbio UK – Visto de Estudante tem Novo Processo de Solicitação

Fevereiro 13, 2009

Mudança no Processo de Solicitação de Visto de Estudante para Estudar no Reino Unido entrará em vigor.

Intercâmbio - Reino Unido

Intercâmbio - Reino Unido

Em Março de 2009 , algumas mudanças importantes no processo de solicitação de visto de estudante para o Reino Unido estarão entrando em vigor.

Pelo novo sistema, todos os estudantes internacionais desejando estudar na Inglaterra serão avaliados através de um sistema de pontuação, similar ao atual sistema utilizado para estudar na Austrália.

Conheça tudo sobre Intercâmbio no Exterior:
Intercâmbio – Estudar no Exterior
Cursos de Inglês em Londres, UK
Intercâmbio de Trabalho no Reino Unido, UK

Blog de Intercâmbios no Exterior

O futuro intercambista deverá atingir o mínimo de 40 pontos pelo sistema à ser implantado. Os primeiros 30 pontos são concedidos mediante à apresentação da carta de aceitação da instituição em que deseja ingressar. Os últimos 10 pontos são fornecidos através da comprovação de que o estudante possui condições financeiras adequadas para se manter no Reino Unido durante seus estudos, sem ajuda do governo.

Novas Mudanças para Estudar no Reino Unido

Também continuará sendo necessário que o estudante internacional demonstre que possui um histórico acadêmico e ou profissional que justifique suas razões para realizar o curso em questão. Ou seja, deve estar com seus estudos e/ou carreira profissional em dia, e possuir documentação para comprovar.

As mudanças afetarão principalmente as instituições de ensino no país, as quais deverão obter uma licença específica junto à ‘UK Border Agency’, o órgão do governo responsável por assuntos de imigração no Reino Unido. Somente as escolas e universidades registradas poderão receber estudantes provenientes de países de fora da União Européia.

Os gastos com estudos na Grã-Bretanha por estudantes internacionais contribuem com cerca de £2.5 bilhões na economia do país, segundo Phil Woolas, ministro do Departamento de Imigração do Reino Unido.

Cerca de 300 escolas foram fechadas. Mais segurança.

As mudanças no sistema de obtenção de visto foram estabelecidas para evitar que escolas e cursos fictícios se proliferem pelo país. Desde que o governo Britânico começou a implantar um controle maior sobre as instituições de ensino, cerca de 300 escolas já foram fechadas.

Quanto dinheiro o Estudante deve ter para conseguir o Visto?

Segundo o novo sistema, os valores que o estudante (ou o responsável por sua viagem) tem de ter disponível em seu saldo bancário é:

Duração do Curso Cidade Quantia

Duração do Curso Cidade Quantia
12 meses ou menos Londres Custo do Curso + £800 Libras para cada mês de estada
12 meses ou menos Outras cidades da Inglaterra Custo do Curso + £600 Libras para cada mês de estada
Mais de 12 meses Londres Custo do Curso + £9600 Libras para cobrir as despesas do primeiro ano
Mais de 12 meses Outras cidades da Inglaterra Custo do Curso + £7200 Libras para cobrir as despesas do primeiro ano
Dependentes Londres Para cada dependente, adicionar o valor de £533 Libras por mês de estada
Dependentes Outras cidades da Inglaterra Para cada dependente adicionar o valor de £400 Libras por mês de estada

O Estudante pode levar dependentes consigo?

Esposo/a e filhos/as são considerados como dependentes diretos do estudante internacional mas apenas poderão acompanhá-lo durante sua viagem ao Reino Unido se:
– O Estudante estiver matriculado em curso que tenha pelo menos um ano de duração;
– O Estudante possuir condições financeira para manter a si próprio e a seus dependentes sem necessitar recorrer a recursos públicos.

É permitido trabalhar Com o visto de estudante?

Sim, o estudante internacional pode trabalhar por vinte horas semanais durante o ano letivo e período integral durante suas férias, mesmo se estiver matriculado em cursos básicos, como curso de Inglês ESL.

Alguns cursos profissionalizantes habilitam o estudante a trabalhar como parte do curso, mas este caso não é aplicável a cursos básicos como inglês por exemplo. 

Os dependentes do Intercambista também poderão trabalhar por período integral, durante toda a duração do visto.

O Estudante pode extender o curso na Inglaterra?

Sim, perfeitamente, e os critérios são bem parecidos com o processo no Brasil.

Venha fazer Intercâmbio no Reino Unido, UK

 

.

Anúncios

Intercâmbio Londres – International Graduate Scheme IGS

Fevereiro 12, 2009

Estudar e Trabalhar legalmente no Reino Unido é possível. Fazer uma graduação no Reino Unido pode representar o começo promissor de uma mudança na sua carreira profissional.

Intercâmbio - Reino Unido

Intercâmbio - Reino Unido

O Intercambista Brasileiro que viajar ao Reino Unido para um curso de graduação, pós-graduação, Master, PhD ou qualquer outro diploma de nível superior não precisa deixar o país tão logo terminem as aulas.

O governo Britânico proporciona um tipo específico de visto conhecido como International Graduates Scheme (IGT). Com isso, muitos estudantes internacionais estão tomando proveito disso, conseguindo empregos — e salários — de nível bem mais elevado, especialmente com relação aos intercambistas que fazem apenas cursos de Inglês, por exemplo.

Aprenda mais sobre Cursos no Exterior:
Intercâmbio – Estudos no Exterior
Cursos de Inglês em Londres
Intercâmbio de Trabalho no Reino Unido

Blog de Intercâmbios e Cursos no Exterior

Até maio de 2007, esse tipo de permissão apenas era concedida para os estudantes que se especializassem em cursos ligados a Ciências e Engenharia, mas após essa data o governo resolveu ampliar o benefício. O objetivo é manter no país profissionais especializados, dando oportunidade para que as empresas britânicas absorvam essa mão de obra especializada e ao mesmo tempo encorajar estes alunos a estabelecer uma carreira na Grã Bretanha, para benefício mútuo.

Requisitos para Estudar e Trabalhar no Reino Unido

As regras para se enquadrar no IGS são:

1 – Ter completado um curso numa das instituições reconhecidas pelo “Departament for Education and Skills” como “Higher” ou “Further Education”, tais como (Bachelor’s degree; Master’s ou PhD; diploma ou certificado de Postgraduate);
2 – Ter completado o curso em, no máximo, 12 meses antes da aplicação para o IGS;
3 – Intenção confirmada de trabalhar durante o período concedido no novo visto;
4 – Ter condição de se manter durante esse período sem precisar de ajuda do governo;
5 – Intenção de deixar o país ao final do período (exceção para quem conseguir visto de trabalho ou qualquer outro tipo de visto que lhe garanta permanência mais prolongada);

Apos esse período, se desejar, o Intercambista Brasileiro pode solicitar outros vistos, como visto de trabalho ou de permanência.

Como Solicitar o IGS

O Intercambista Brasileiro que desejar aplicar para o IGS precisa:
– Ainda estar residindo no Reino Unido;
– Preencher o formulário específico disponível no site do Home Office em http://www.workingintheuk.gov.uk ;
– Pagar uma taxa que varia entre 395 libras (se a aplicação for enviada pelo correio) ou 595 libras (se o estudante for pessoalmente ao Home Office).

A análise do processo pode levar até três meses, mesmo prazo para outros vistos de estudante. Normalmente, o processo é mais rápido quando feito pessoalmente no Home Office. Além do estudante, esposos e dependentes também podem ser incluídos neste benefício.

Venha fazer Intercâmbio no Reino Unido

 

.


Intercâmbio EUA – Avião Congelado em Aeroporto

Janeiro 29, 2009

 
Avião fica preso congelado em Aeroporto dos Estados Unidos e faz viagem de 2,5 horas até Orlando durar 12 horas.

Avião Congelado - Intercâmbio EUA

Avião Congelado - Intercâmbio EUA

Passageiros embarcaram no frio das 8 da manhã em Columbus, Ohio, com intenção de viajar para o clima mais quente de Orlando, Flórida, mas o avião acabou literalmente grudado à pista de manobras do aeroporto devido a uma forte tempestade de neve que acabou formando uma espessa camada de gelo na fuselagem do avião durante a noite.

Conheça mais de Intercâmbio nos USA em Intercâmbio nos Estados Unidos USA

Veja mais sobre como estudar nos EUA:
InterCANbio – Yes I Can
Tudo sobre Fazer Intercânbio
Cursos de Inglês no Canadá
Colegial High School nos Estados Unidos

Com  enorme peso extra de várias centenas de quilos, e grudado à pista, literalmente, que também estava um verdadeiro sabão de tão escorregadia, o avião não pode decolar.

Os funcionários de solo do aeroporto utilizaram 3 caminhões tanque com líquido anti-congelante para descongelar o avião, e evitar que congelasse novamente ao levantar vôo, sendo que apenas um caminhão deveria durar por 3 dias inteiros, atendendo várias aeronaves, em condições normais. Cada galão (aproximadamente 4 litros) do líquido anti-congelante usado em forma de espuma custa US$7 dólares americanos.

O avião conseguiu sair brevemente do embarque por uma vez mas logo acabou congelado de novo e teve de retornar ao portão de embarque.

Dez Graus Abaixo de Zero Não é muito frio nos EUA e Canadá

A temperatura nem estava tão baixa assim, apenas uns -10C dez graus abaixo de zero, o que para os Estados Unidos e Canadá realmente não é muito frio, mas as condições atmosféricas eram perfeitas para o acúmulo de gelo.

Avião em Toronto, Canadá em “De-Icing” – Veja o Vídeo

Durante esse período de tentativa de partida e decolagem os passageiros ficaram dentro da aeronave, sem aquecimento especial porque o avião não podia ligar suas turbinas, as quais fazem funcionar o aquecimento interno. Mesmo assim, a temperatura interna se manteve bastante razoável e todos pueram esperar normalmente pelo desfecho da situação.

Avião Congelado – Passageiros Presos – USA

Somente então os passageiros puderam desembarcar para enfim embarcar de novo, desta vez em um outro vôo, decolando nove horas depois.

O vôo somente chegou ao destino em Orlando, próximo a Miami na Flórida, 10 horas depois do previsto.

Fazer Intercâmbio no Inverno da América do Norte

Ao fazer intercâmbio nos EUA e Canadá, bem como na Europa, os intercambistas devem sempre estar cientes de que imprevistos acontecem, especialmente no inverno de Estados Unidos e Canadá, e os viajantes necessitam estar preparados para qualquer eventualidade, e não apenas ao viajar de avião mas também de carro, ônibus e inclusive de trem, especialmente se estiver viajando sozinho ou com crianças.

Além do mais, é importantíssimo lembrar que os benefícios proporcionados pelas empresas aéreas no exterior muitas vezes podem não ser os mesmos oferecidos no Brasil.

Conheça mais de Intercâmbio nos USA em 
Estados Unidos USA – Intercâmbio

 

.


Intercâmbio UK – Como Estudar e Trabalhar na Inglaterra

Janeiro 26, 2009

 
Conheça todos os principais requisitos para Estudar Inglês e Trabalhar na Inglaterra, legalmente, com segurança e tranquilidade.

Intercâmbio - Reino Unido

Intercâmbio - Reino Unido

Todos os Brasileiros que planejam estudar na Inglaterra, em um curso de idiomas com duração superior a 6 meses, têm necessariamente de solocitar o Pré-visto no Brasil.

Para duração igual ou menor, não é necessário Pré-visto, o visto será emitido na chagada a Inglaterra. O viajante com visto de turista não tem permissão de trabalho.

Conheça mais sobre
Como Estudar e Trabalhar na Inglaterra UK

Para estudar e trabalhar na Inglaterra o estudante precisa fazer matrícula em um curso de idiomas com duração superior a seis meses, o qual ofereça carga horária mínima de 20 horas semanais, em período diurno.

Conheça mais relacionado a Estudar e Trabalhar na Inglaterra :
Intercâmbio Cultural – Dicas de Segurança
Intercâmbio Educacional – Tipos de Intercâmbio
Cursos de Inglês e Intercâmbio na Irlanda
Cursos de Idiomas com Trabalho na Inglaterra

Requisitos e Recomendações – Estudo e Trabalho no Reino Unido UK

Quanto ao visto de estudos e trabalho, o futuro intercambista deve solicitar o Pré-visto ainda no Brasil. Esta solicitação tem de ser feita junto ao Consulado Britânico em torno de 3 ou 4 meses antes da data da viajem, pois isto permitirá que estudantes trabalhem legalmente até 20 horas por semana enquanto matriculados.

Outro requisito extremamente recomendável é que a escola de Inglês seja oficialmente reconhecida junto ao British Council (ou outros órgãos de fiscalização de ensino de qualidade do Reino Unido UK, veja abaixo), que é o órgão do Governo Britânico que regulamenta as principais escolas de idiomas na Inglaterra.

Home Office – Imigração | British Council – Qualidade

O Home Office (Departamento de Imigração Britânico), presente nos aeroportos na chegada à Inglaterra, é que dá maior valor as escolas registradas nos principais órgãos de fiscalização de ensino de qualidade do Reino Unido: British Council (Orgão Oficial do Governo Britânico), BAC, ABLS (The Assocation of British Language Schools), ARELS (Association of Recognised English Language Services) ou BASELT (the British Associaton of State English Language Teaching).

Não confunda se a escola deve ser reconhecida pelo Home Office ou pelo British Council. A escola deve ser reconhecida unicamente pelo British Council (ou os similares acima) e o intercambista poderá ser aceito na chegada ao país unicamente pelo Home Office, quando a escola de Inglês for reconhecida pelo British Council E, também, possuir a carga horária mínima correta.

Escolas Reconhecidas pelo British Council

Não há nenhuma recomendação oficial para que o estudante esteja matriculado em uma escola reconhecida, mas é extremamente recomendável para não ter problemas na imigração, e você deverá estudar 15 horas por semana (nós recomendamos o mínimo de 20 horas por semana), em horário diurno, em uma escola legítima, que portanto ofereça cursos de qualidade e controle de frequência dos alunos.

Então agora você já sabe Como Estudar e Trabalhar na Inglaterra mas note que estes são os pontos básicos, os oficiais. Existem outras dicas muito importantes para ter mais segurança na imigração quando da chegada ao Reino Unido, como por exemplo, quanto dinheiro levar, quanta bagagem levar, como estar vestido, o que Não levar… Vamos falar disso num próximo post.

Conheça mais sobre
Intercâmbio de Estudo e Trabalho na Inglaterra

 

.


Trabalhar na Austrália – O Melhor Emprego do Mundo

Janeiro 18, 2009

Em 24 horas, 200.000 duzentos mil possíveis intercambistas pesquisaram sobre como enviar suas inscrições para o Melhor Emprego do Mundo na Austrália na paradisíaca Ilha de Hamilton, Grande Barreira de Corais de Queensland – Destino dos Sonhos!

Austrália - Queensland

Austrália - Queensland

Intercâmbio de Trabalho na Austrália – O Melhor Emprego do Mundo

Apenas nas primeiras 24 horas que foram abertas as inscrições para o Emprego dos Sonhos na Austrália, mais de 200.000 duzentos mil futuros intercambistas já pesquisaram sobre como enviar seus vídeos online. E isso quando o site esteve online, pois passou várias horas sem funcionar devido ao gigantesco volume de acessos.

A cada 3 segundos, 13,000 visitantes!

O tráfego equivaleu em alguns momentos a 13,000 acessos a cada 3 segundos!

A campanha publicitária — de extremo sucesso, certamente — foi veiculada em 18 países, Brasil inclusive, alcançando 29 milhões de pessoas pela televisão e mídia impressa, como jornais e revistas, mas sem contar a Internet, algo que vale vários milhões de dólares em publicidade que os Australianos agora estão  ganhando de graça e vai fortalecer ainda mais o turismo na terra dos Cangurus.

Resumo do Melhor Trabalho do Mundo em Ilha da Austrália:

  • Emprego – Caseiro (alguns chamam de “Zelador” da Ilha);
  • Função – Tomar conta da ilha, alimentar peixes, tirar fotos, escrever blogs…
  • Requisitos – Falar Inglês, excelente comunicação, gostar de animais, saber mergulhar;
  • Duração – Contrato de trabalho de férias de Seis 6 meses;
  • Benefícios do emprego – Casa multi-milionária, com piscina, passagens aéreas, super vistas… tudo grátis;
  • Quanto custa a matrícula – Para participar não custa nada, a inscrição é gratuita; E o vencedor terá Todas as despesas pagas;
  • Salário – US$100.000,00 Cem mil dólares Americanos pelos 6 meses! Ou AUS$150.000,00 dólares Australianos, se preferir!

Mas ainda tem tempo para participar deste trabalho de intercâmbio na Austrália pois apenas 200 (sim, duzentos, não duzentos mil) possíveis intercambistas já enviaram seus vídeos de acordo com o regulamento.

Não deixe para a última hora para participar e enviar seu vídeo, o que demora, pois o site com certeza absoluta vai ficar congestionado de novo.

E lembre-se: Onze 11 finalistas irão viajar à Austrália — com tudo pago — para a entrevista pessoal com os Australianos do departamento de turismo mas apenas UM 1 único felizardo/a será selecionado/a para morar e trabalhar num dos lugares mais lindos do mundo, exatamente na Grande Barreira de Corais, em Queensland, na Austrália! A chance está lá!

Conheça tudo sobre Trabalho de Sonho no Exterior – O Melhor Emprego do Mundo na Austrália:

Intercâmbio na Austrália – Cursos de Inglês na Austrália

Trabalhar na Austrália – Como Conseguir o Emprego dos Sonhos

Emprego na Austrália em Illha Paradisiaca – Site Offline

Australia Oferece Trabalho de Ferias – US$100.000,00

 

.


Emprego na Austrália em Illha Paradisiaca – Site Offline

Janeiro 14, 2009

 
Procura pelo Melhor Emprego do Mundo em ilha paradisíaca coloca site Australiano completamente offline. Site ficou fora do ar por várias horas, após estar extremamente lento. Candidato vencedor receberá US$ 100.000,00 cem mil dólares Americanos pelo emprego dos sonhos para tomar conta da ilha no paraíso!

Trabalhar na Austrlia - Intercâmbio em Queensland

Trabalhar na Austrália - Intercâmbio em Queensland

Quer Trabalhar na Austrália?

A chance de ser caseiro de uma ilha Australiana, ou algo mais como um guarda-explorador, gerou tamanha procura e interesse do público – do mundo inteiro – que um tsunami de inscrições com currículos e vídeos online provocou uma pane completa no site que anunciava o cargo tão sonhado por muitos.

Conheça mais de Intercâmbio e da Austrália:

O Que É Intercâmbio no Exterior?
Tudo de Dicas de Intercâmbio 
Intercâmbio em Austrália
Interânbio Cultural

O intercâmbio de trabalho de férias, com salário de cerca de R$ 235 mil para passar seis meses na ilha de Hamilton (uma das 600 ilhas da belíssima Grande Barreira de Corais, Patrimônio da Humanidade pela Unesco), já recebeu centenas de milhares de propostas de candidatos. E as inscrições somente se encerram daqui a um mês, em 22 de Fevereiro.

O trabalho dos sonhos – considerado o Melhor Emprego do Mundo – foi criado pelo departamento de Turismo de Queensland, estado da Austrália onde se localiza a ilha, com o objetivo de ser um antídoto contra a crise econômica global, sendo anunciado em 18 países, incluindo Estados Unidos e China, além do Brasil.

Salário de 150 mil dólares Australianos para Emprego na Austrália

Entre as responsabilidades do caseiro estão tirar fotografias, escrever blogs do local, limpar piscinas e coletar correspondências que chegam por avião. Não há exigência de experiência ou limite de idade mas basicamente é preciso saber mergulhar, ter espírito aventureiro e principalmente ser muito bom comunicador com excelente simpatia.

E falar Inglês fluentemente, com certeza. O vencedor ou vencedora terá de dar inúmeras entrevistas na imprensa local e até mesmo mundial.

Intercâmbio de Trabalho na Austrália

Quanto ao site onde fazer as inscrições, a imprensa local afirmou que técnicos já reestabeleceram o site após ele ter sofrido uma pane devido ao gigantesco volume de acessos. Mesmo assim, algumas sessões ainda estão com problemas.

Mas vale tentar até conseguir!

Conheça mais:
Intercâmbio na Austrália, Queensland

Como Conseguir o Trabalho dos Sonhos na Austrália – Passo a Passo

Onde se Inscrever para o Emprego dos Sonhos em Ilha Australiana

– Aprenda Tudo Sobre o Melhor Emprego do Mundo na Austrália Com Salário de US$100.000,00!

 

.


Trabalhar na Australia – Como Conseguir o Emprego dos Sonhos

Janeiro 13, 2009

O Melhor Emprego do Mundo – Queensland, Austrália

Australia Flag

Austrália

Você está realmente interessado em conseguir o Melhor Emprego do Mundo fazendo o Intercâmbio de Trabalho na Austrália? Então conheça mais.

Trabalhar na Austrália, mais exatamente em Queensland, na Grande Barreira de Corais, na Ilha de Hamilton, com casa mobiliada com piscina e uma vista fantástica, passagem aérea internacional ida-e-volta, e ainda ganhando um salário de US$100.000,00 (cem mil dólares Americanos, ou 150 mil dólares Australianos) por contrato de trabalho de férias de 6 seis meses?

Conheça tudo sobre Trabalhar na Austrália:
Austrália Oferece Trabalho de Férias – US$100.000,00

Scuba-diving in the Great Barrier Reef
Scuba-diving e snorkelling são alguns dos requisitos

O primeiro passo para garantir sua participação é enviar um vídeo de 60 segundos (unicamente para o Departamento de Turismo de Queensland, do Governo Australiano) explicando porque você é o/a candidato/a ideal para o trabalho na Austrália. Certamente, não é tão simples.

Mas então, o que o candidato felizardo deve fazer, e enfatizar, para que sua inscrição seja colocada no topo junto com os melhores candidatos?

Conheça passo a passo as 10 Principais Dicas de Como Conseguir o Emprego dos Sonhos na Austrália – Grande Barreira de Corais:

Principais Dicas de Como Conseguir o Melhor Emprego do Mundo — na Austrália!

1. Comece Certo, pelo Básico – Vídeo no Formato Correto, em Inglês!

2. Crie o Melhor Vídeo de Toda Sua Vida

3. Demonstre Espírito de Aventura

4. Mencione Todas as Suas Experiências Relevantes

5. Conheça a Vida Marinha Australiana

6. Mostre seu Genuíno Interesse pelos Animais e o Ar-livre

7. Reforce e Diferencie sua Inscrição. Fuja do Comum!

8. Combine Seu “Fator Diversão” Com Seu Lado Mais Sério

9. Não Gaste Dinheiro Com Cursos. Nem Perca Tempo.

10. Você Tem Certeza Que é a Pessoa Certa para Trabalhar na Austrália?

10+. Para Onde Enviar o Vídeo? Onde Fazer a Inscrição?

 

Lembre-se das Inúmeras Dificuldades

Serão seis meses de “trabalho duro”, sem folga, quase um “intercâmbio escravo” pois se trabalhará 7 dias por semana, durante 6 seis meses, 180 dias, vai viajar por mais de 24 horas de avião na classe turística na ida e depois na volta, ficar em fuso horário de mais 14 horas (dia no Brasil, noite na Austrália – dia na Austrália, noite no Brasil), filmando, nadando, mergulhando, pesquisando, limpando piscinas, com sol forte na cabeça, onde chove pouquíssimo, onde quase nunca faz menos de +25C graus Celsius, numa paisagem de céu azulíssimo de arder os olhos, praias com areias brancas limpíssimas, águas transparentes sempre quentinhas, sem lixo, sem pivete, sem crime, sem pedintes, sem sequestros, sem arrastões, sem barulho, sem buzina, sem buraco nas ruas (bom, na ilha nem tem rua, apenas na cidade próxima), tendo de ficar escrevendo blogs, tirando e enviando fotos do local belíssimo, vendo uma vida marinha super colorida e diversificada, viajar de barco e iate na ilha, viajar de avião toda semana (tudo pago para o Intercambista) para buscar as correspondências, conhecer celebridades que vão estar visitando a Grande Barreira de Corais, dando entrevistas na televisão tanto de seu país quanto da Austrália e várias outras, além de ficar mundialmente super famoso na volta… ufa!

É muita coisa, e por “apenas” cem mil dólares americanos…

Este Intercâmbio é mesmo para você?!

Você tem mesmo certeza que quer
Fazer Intercâmbio de Trabalho na Austrália?

Austrália - Queensland

Austrália - Queensland